Aprenda como pagar menos impostos em sua empresa

A legislação tributária brasileira é muito complexa e, por isso, muitos empreendedores sofrem com a alta carga tributária. Assim, é necessário realizar um estudo técnico a fim de identificar algumas maneiras de como pagar menos impostos.

Os regimes de tributação são três: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, cada um com suas particularidades. Neste artigo, mostraremos como é possível diminuir a tributação do seu negócio e quais as vantagens oferecidas pelo Simples Nacional para as pequenas empresas. Confira!

Por que os serviços de um contador são importantes?

É normal que você tenha dúvidas referentes ao pagamento de impostos e qual o melhor regime de tributação para seu empreendimento. Se já é complicado para as grandes, imagine para as micro e pequenas empresas.

É essencial que você busque auxílio de um profissional de contabilidade especialista no assunto. Ele será capaz de mostrar os melhores meios de economizar no momento de pagar os impostos e evitar a ocorrência de alguma irregularidade.

O contador também poderá ajudar no momento de realizar o planejamento tributário, aumentando a economia financeira do seu negócio.

O que é o regime de tributação do Simples Nacional?

Com o advento da Lei Complementar n°147/2014, desde 2015 foi permitido que as empresas clínicas de prestação de serviços médicos também fossem incluídas no Simples Nacional.

Nessa categoria, o percentual de impostos pago dependerá da atividade exercida. As clínicas médicas encontram-se inseridas na tabela VI da Lei Complementar n°123. O Simples Nacional é um regime simplificado de arrecadação, fiscalização e cobrança.

Observando a tabela, o percentual é aplicado da seguinte forma:

  • a partir de 16,93% sobre o faturamento bruto, para empresas com rendimento até R$ 15 mil mensais, podendo chegar a 22,45% para empresas com faturamento até R$ 300 mil mensais em média;

  • nesse percentual já está incluso o INSS patronal, produzindo uma economia de 27,8%, que recai sobre a folha de pagamento para a clínica médica;

  • todos os tributos são recolhidos em uma única guia.

Mas atenção! A partir de janeiro de 2018, serão feitas alterações no regime do Simples Nacional. Entre elas, a redução da alíquota para 6% para a tributação de contribuinte pessoa jurídica que possua faturamento de até R$ 15 mil por mês. Porém, será necessário declarar um gasto de aproximadamente um terço desses rendimentos com funcionários.

Quais são as vantagens para as empresas que adotam o Simples Nacional?

Maior comodidade

É mais cômodo, pois em vez de ter que realizar o pagamento de cada tributo em datas diferentes, com o Simples Nacional todos os pagamentos são feitos de uma vez só, em guia única, reduzindo o tempo gasto com essa tarefa.

Redução do valor dos impostos

Quando comparado a outros regimes tributários, o Simples Nacional pode exibir uma diminuição importante nos valores a serem pagos, deixando a carga tributária das pequenas empresas mais leve, proporcionando aplicações em outras áreas.

Redução dos encargos com funcionários

A escolha do Simples Nacional gera uma desoneração da folha de pagamento. Isso quer dizer que fica mais barato manter os colaboradores regularizados, principalmente pelo motivo de você não ter que pagar a quantia referente ao INSS patronal.

Extinção de etapas burocráticas

Algumas burocracias que dificultam todo o processo são eliminadas, como os cadastros estaduais e municipais. Para o empreendimento optante por esse regime, só é necessário o cadastro no site do Simples Nacional.

Regularidade fiscal

Se os pagamentos de todos os impostos forem realizados da maneira correta, a empresa fica regular perante o fisco. Com isso, os riscos de problemas tributários são reduzidos, trazendo mais segurança para a organização, que encontrará menos obstáculos no momento de adquirir créditos, por exemplo.

Aumento da competitividade

Possuindo mais recursos para investimento, você poderá aprimorar seu negócio, visando crescimento, longevidade e competitividade. Com um bom planejamento tributário, medidas estratégicas e escolha do regime tributário ideal, fica mais fácil de identificar como pagar menos impostos, além de conseguir mais recursos financeiros para investir no desenvolvimento da sua empresa.

Você curtiu este post? Então continue visitando nosso blog e leia o artigo Afinal, como a contabilidade trabalhista pode ajudar minha empresa? e entenda mais sobre o assunto!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"