Como a gestão contábil desorganizada pode afetar minha empresa?

Não é possível uma empresa se manter no mercado — e ainda mais tomar a dianteira em relação a seus concorrentes — se ela não for bem administrada, e uma gestão contábil desorganizada é claro indício de falta de orientação administrativa. Esse quadro pode, inclusive, levar os empreendimentos mais promissores à falência.

Então, se você é responsável pela direção de alguma companhia (seja sua própria ou de terceiros), fique atento em relação a esse assunto, pois uma contabilidade séria e organizadamente efetuada é um fator que contribui para o êxito de um negócio, como indicaremos a seguir. Acompanhe e confira! 

Importância da gestão contábil

Todo empreendimento necessita manter seus registros e relatórios contábeis em dia e corretamente, pois eles fornecem elementos valiosos aos diretores e administradores, visando à tomada de decisões mais diversas, como a expansão ou a contenção dos negócios, medidas para o aumento de lucros ou redução de custos, contratações e empréstimos etc.

Além disso, o descuido para com o adequado gerenciamento do sistema de contabilidade pode trazer sérios problemas administrativos, fiscais e mesmo operacionais à empresa, como você verá adiante.

Problemas decorrentes de uma gestão contábil desorganizada

Vamos, então, apontar alguns dos inconvenientes que certamente resultarão de um descontrole da contabilidade empresarial — uns mais graves, outros menos  e que podem afetar a administração da organização, suas finanças, oportunidades de crescimento e mesmo sua imagem frente a sua clientela.

Descontrole da documentação

Um bom sistema contábil provê um controle e uma organização de documentos de forma racional, permitindo rápida localização e consulta. Já a ausência desse arquivo documental poderá gerar prejuízos financeiros e dores de cabeça, ao possibilitar pagamentos de contas e dívidas em atraso ou em duplicidade, multas pelo não atendimento de obrigações fiscais e trabalhistas, dentre outros.

Esse descontrole também poderá refletir em sua credibilidade junto a seus clientes, por exemplo, pelo faturamento dos serviços prestados para mais ou para menos, pela demora no atendimento a uma solicitação de orçamentos, e por aí em diante. E um cliente insatisfeito, ou que lance dúvidas sobre a competência da empresa, representa uma potencial perda de receitas.

Falta de informações e transparência

Se você não sabe a estrutura de gastos de seu empreendimento (despesas fixas e variáveis), dificilmente estará apto a apurar seus resultados com precisão (lucros ou prejuízos), o que pode inviabilizar decisões, como até onde investir na manutenção ou ampliação de suas atividades, por ignorar os riscos em jogo, já que sequer conhece o retorno ou a lucratividade das operações realizadas.

O mesmo se pode dizer quanto ao cumprimento de seus deveres para com o Fisco e outros órgãos públicos, pois, sem informações pertinentes, não poderá precisar se está, de fato, pagando seus tributos corretamente e dentro do prazo, se há declarações não entregues etc., sujeitando-se a penalidades, multas e fiscalizações.

Desconhecimento sobre sua lucratividade

Os recursos que ingressam na empresa não representam necessariamente lucros, os quais só podem ser apurados a partir do confronto entre receitas e despesas. Sendo assim, se você não mantém uma contabilidade organizada, como saber o que distribuir aos sócios sem comprometer o bom andamento das operações? Não poderá ocorrer a distribuição de lucros quando a firma estiver operando com prejuízos.

Percebeu como uma gestão contábil desorganizada representa um alto risco para uma empresa? E se você tem problemas nessa área e precisa contar com competentes profissionais de contabilidade, venha conhecer a Executa Contabilidade, pois certamente temos a solução adequada para suas dificuldades. Será um prazer atendê-lo!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"